Ainda menina, fui abusada pelo meu tio

Click to this video!
Autor

Pela manhã o pai de Claudinha levou sua esposa ao trabalho, como sempre fazia todos os dias, mas nesse dia em especial ele iria a outra cidade para um compromisso, retornando apenas a noite. Contudo, logo pela manhã ele comeu algo que não lhe caiu bem, no café da manhã de um restaurante, assim que deixou minha mulher no serviço, e teve que passar pelo ambulatório medico por conta disso, sendo dispensado 1 hr depois, acabando por retornar a sua casa mais cedo.
Logo que entrou no apartamento, foi surpreendido por uns gemidos baixinhos, típico de quem esta sentindo muito prazer na pica do seu amado. Gustavo parou pra ouvir melhor, e percebeu que aquele som vinha do sala de jantar, pensou com ele, "não acredito que esse filho de uma puta do Tony trouxe uma vagabunda pra comer dentro de casa na minha ausência e com minha filha em casa, vou matar esse abusado hoje mesmo". Foi então que ele se dirigiu em direção a sala de jantar pra dar um flagrante nos dois safados, mas para sua surpresa, quando olha pra dentro, vê que aqueles gemidos era da sua própria filhinha de apenas 6 aninhos que gemia gostosamente na pica do seu irmão. Ela estava de frango assado, enquanto seu tio fodia com vontade a bucetinha infantil dela.
Aquilo o deixou paralisado, imóvel, e não sabe porque, ao invés de agir, acabar com aquela festinha dos dois, preferiu fechar os olhos. Ele via seu irmão bombando firme na bucetinha d filha, até urrar e gozar dentro dela. Não tem como negar que, apesar da surpresa, ficou com tesão também assistindo inerte os dois fodendo deliciosamente em cima daquela mesa, onde todo mundo fazia refeição. E continuou observando. Depois de seu irmão ter gozado dentro dela, ele virou pra pegar um pano pra limpa-los e percebe que Gustavo está na sala de jantar os observandos.

Tony

Era vez de seu irmão ter o mundo tirado dele. Tony não sabia o que dizer. Seu irmão, só o encarava. Toby sabia que ele o denunciaria e ele iria preso. Seu mundo acabou.
Gustavo pediu pra filha vestir sua roupa e fazer o dever de casa. Claudinha saiu de cima da mesa, em silencio, pegou sua roupa, a vistiu ela e saiu em direção ao quarto. Tony não conseguia dizer uma palavra ao irmão, ele só sentou no sofá e esperou pelo seu fim.

Gustavo

Gustavo se retirou da sala de jantar, com raiva e com tesão por seu irmão tá comendo a sua filha tão pequena. Foi uma delicia ter visto seu irmão atolar na bucetinha dela ate os ovos. E se admirou que ela aguentaria com tao pouca idade um penis daquele.
Gustavo foi no quarto da sua filha (ele não ia brigar com ela) e a chamou pra almoçar. Foi na sala (como encarar o irmão tb) e o chamou pra almoçar tb… mas na cozinha.
Tony ja havido vestido a cueca e ficou surpreso quando seu irmao o chamou pra almoçar.
Depois de meia hora, os tres estavam na mesa, e em silencio. Ate que Gustavo contou sobre a intoxicação alimentar e pediu a seu irmão que ficasse reparando a Claudinha pra ele pegar a esposa no trabalho. Tony apenas ouvia de cabeça baixa, totalmente consciente e totalmente alheio. Nem tocou na comida.
30 min. Gustavo sai de casa deixando sua filhinha com seu irmão. Ele sabe que Tony não voltará a comer tão cedo. Mas sabe que Claudinha fará de tudo para seduzi-lo novamente. Afinal, quando a menina ainda engatinhava, ela ja seduzia seu pai.

Continua…

Nota ao Leitor:
Atentendo a uma sugestão de um leitor aqui no site, resolvi escrever meu primeiro conto erótico heterossexual. Como o tema Incesto é campeão absoluto de visualizações, resolvi então criar uma estória no estilo fantasia (assim como todas as outras que estão arquivadas na minha pasta) que não fugisse do tema, e nem da idade dos personagens relatados em outros contos do site.

Série Claudinha:

Conto 1: "Na infancia em vez de chupeta eu chupava era pica"
Conto 2: "Ainda menina fui abusada pelo meu tio"
Conto 3: "Antes de ser abusada pelo meu tio, eu já levava ferro do meu pai"

Outras séries:

"Meu Tio Ex Presidiário abusou de mim na Infancia 1"
"Meu Tio Ex Presidiário abusou de mim na Infancia 2"
"Meu Tio Ex Presidiário abusou de mim na Infancia 3"
"Depois da Obra, o Pedreiro Negão comeu eu e minha esposa 1"
"Depois da Obra, o Pedreiro Negão comeu eu e minha esposa 2"
"Comendo o cuzinho do menino 1"
"Comendo o cuzinho do menino 2"
"O Padre comeu o Anjinho 1"
"O Padre comeu o Aninho 2"
"Um Padre me penetrou ainda menino"
"O branquinho e o Pedreiro"
"Bêbado, deixei minha filhinha pequena ser abusada na minha frente".